Tudo sobre o curso de Comunicação Social

O curso de comunicação social forma profissionais especializados em comunicação de massa e comunicação corporativa. Este é um campo do conhecimento que abrange múltiplas qualificações, possivelmente a nível de licenciatura ou técnico.

As qualificações para comunicação social podem ser editoras, publicidade e publicidade, rádio ou televisão, bem como rádio, audiovisual, mídia, comunicação educacional, etc.

Embora pertençam à área das comunicações, os cursos de jornalismo e relações públicas já não são considerados qualificações, mas sim formações específicas, que podem ocorrer com outras qualificações.

No mercado de trabalho, os comunicadores sociais podem não só se comunicar com empresas de organizações privadas, públicas ou do terceiro setor, mas também atuar nos meios de comunicação de massa, editoras de revistas, sites e portais de conteúdo e diversos meios de comunicação.

Como é o curso de Comunicação Social?

De acordo com o Guia Curricular Nacional definido pelo Ministério da Educação (MEC), o conteúdo curricular do currículo de comunicação social é dividido em conteúdos básicos e específicos relacionados ao campo geral da comunicação e habilitações selecionadas.

Esses conteúdos são listados de acordo com os objetivos e perfis dos graduados. Fora de instituições educacionais.

  • Conteúdos éticos e políticos;
  • Conteúdos teóricos e conceituais;
  • Conteúdos de linguagem, tecnologias midiáticas e técnicas;
  • Conteúdo analítico e também que vise informar sobre a atualidade.

Teoria X Prática de Comunicação Social

Os fundamentos teóricos contidos na matriz de comunicação social são os mesmos de quem estuda notícias, publicidade e relações públicas, mas desde o primeiro semestre cada curso tem um tema específico.

Em geral, as aulas teóricas são semelhantes, enquanto as aulas práticas são muito diferentes. Por exemplo, todos os graduados neste campo estudam fotografia.

Os princípios básicos são os mesmos, mas os objetivos são diferentes: os jornalistas devem retratar cenas reais e os jornalistas devem usar imagens para vender ideias ou produtos. Em uma sala de cinema, o conhecimento de iluminação e enquadramento é essencial.

A base do curso de comunicação social é a investigação da relação entre a mídia e a sociedade. Isso significa que é necessário estudar a teoria da comunicação para explorar os aspectos sociais, psicológicos e linguísticos da comunicação da informação.

O mercado de trabalho da região abrange todos os meios de comunicação, desde os mais tradicionais (como jornais impressos) até os mais modernos (como as redes sociais).

Além disso, os profissionais da área deixam espaço nas empresas privadas e órgãos governamentais para se responsabilizarem pela comunicação interna, divulgação das atividades e relacionamento com o público.

Caso você se interesse pela área poderá atuar nas seguintes modalidades:

  • Editorial;
  • Jornalismo;
  • Relações públicas;
  • Publicidade e propaganda;
  • Cinema;
  • Radialista.

Normalmente, esses seis cursos têm duração de 4 anos e são todos bacharéis. Em outras palavras, esse formato combina o conteúdo real do mercado de trabalho com o conteúdo acadêmico e teórico para expandir sua formação cultural e pensamento crítico.

No entanto, também é comum encontrar cursos transmitidos e publicados em formato técnico. Ou seja, os cursos de graduação mais curtos (entre 2 e 3 anos) priorizam cursos simplificados e cursos mais práticos para que você esteja pronto para entrar no mercado e possa entrar no mercado mais rápido.

O salário deste profissional vai variar muito da área de atuação escolhida dentro do campo de comunicação social.

admin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *